História das Chinchilas

A chinchila é um roedor originário da América do Sul mais precisamente das cordilheiras dos Ades (Argentina, Bolívia, Chile e Peru). Em estado selvagem a chinchila vive em colónias. Durante o dia como faz muito calor a chinchila abriga-se em tocas nas montanhas e sai durante a noite para se alimentar. No habitat natural alimentam-se praticamente de ervas (gramídeos), sementes, folhas, cascas e frutos de alguns arbustos e cactos.
As chinchilas foram praticamente extintas do seu habitat natural. Cerca de 900 anos d.c. as chinchilas foram descobertas por uma tribo de nativos americanos conhecidos como Chinchas (dai veio o nome chinchila). Os membros dessa tribo começaram a caçar chinchilas para usarem as suas peles para se proteger do frio. Quando os Incas dominaram os Chinchas, proibiram-nos de utilizar as peles de chinchila, passando estas a ser usadas unicamente pelos membros da realeza Inca, como símbolo de superioridade e poder. A chinchila começou a ser conhecida na Europa por volta de 1524 através da rainha de Espanha, D. Isabel. Dai em diante verificou-se um grande aumento da procura da pele de chinchila, do qual resultou uma quase caçada em massa a este animal de pelo sedoso. Devido ao aumento da procura do mercado de peles as chinchilas foram praticamente extintas de seu habitat natural.Em 1910 os governos da Argentina, Bolívia, Chile e Peru proibiram a caça destes animais devido ao alarmante quadro de extermínio. Em 1984, declarava-se como «Reserva Nacional Las Chinchilas» uma região da Cordilheira do Andes, no Chile, o único lugar onde ainda hoje existem colónias de chinchilas lanígeras selvagens. Em 1918 Mathias Chapmam,um engenheiro de minas deparou-se em suas explorações com este animal e ficou impressionado com a delicadeza e suavidade de sua pele. Mais tarde Mathias Chapman consegue autorização para levar 11 exemplares, dos quais só 3 eram fêmeas para os Estados Unidos e inicia na Califórnia a primeira criação de chinchilas em cativeiro, o que salvou a especie da extinção. Este engenheiro de minas demorou cerca de três anos a capturar as chinchilas .Na volta, preferiu demorar um ano a descer a montanha para que as Chinchilas pudessem aclimatizar-se. Este foi o início das Chinchilas em cativeiro. Por volta de 1922 teve inicio a produção deste animal para o comercio de peles. Só por volta de 1960 é que as chinchilas começaram a ganhar popularidade como animais de estimação. As chinchilas são animais protegidos, considerados vulneráveis no estado selvagem. Existem hoje, vivas, apenas duas espécies de chinchilas. A chamada chinchila lanígera, que é a chinchila que conhecemos criada em cativeiro (graças a Mathias Chapman) e a brevicauda, a qual vive somente em estado selvagem em reservas. A outra espécie de chinchilas a chinchila real foi extinta devido as caçadas em seu habitat natural por sua pele. As chinchilas podem viver até 20 anos, ou mais em cativeiro desde que bem cuidadas.