Fungos

Normalmente os fungos surgem quando o sistema imonológico da chinchila esta mais fraco. Também é comum o aparecimento de fungos quando a chinchila se molha, e não é seca convenientemente, pois como o pelo dela é muito denso e os fios muito finos, quando não é seco por completo torna-se propicio ao aparecimento de fungos. O fungo pode atacar de duas formas, quebrando os fios (que pode ser confundido com tricofagia) ou fazendo os cair. Eles são identificados quando a pele está vermelha e com caspas, que quando o pelo é puxado cai com facilidade, muitas vezes surgem crostas no couro e orelhas do animal. O tratamento não é difícil, porém um pouco demorado, passa o tratamento na área
afectada, e juntamente se trata a causa dos fungos, como evitar o stress, e tomar cuidado para não molha-la novamente, e tornar o ambiente menos húmido possível. A falta de higiene, falta de banho ou ambiente demasiado húmido são umas das principais fontes e ambientes propícios ao desenvolvimento dos fungos. Se tiver mais que
uma chinchila deve separar a chinchila com fungos das restantes. Procure o veterinário para ele lhe recomendar um tratamento adequado. Lembre-se de tratar convenientemente esses casos, pois os casos
que năo săo bem tratados podem voltar mais fortes. Toda a gaiola deve ser desidratada e com água e vinagre deve fazer o mesmo nos acessórios da gaiola e substituir os itens de a madeira por novos. Parar o aparecimento de fungos nas estações mais húmidas pode juntar um pó antifugico (recomendado pelo veterinário) á areia de banho.